Rádio Web Manawa

Direto do Blog

RATOS DE PORÃO É UMA DAS BANDAS MAIS IMPORTANTE PARA O MOVIMENTO PUNK NO BRASIL

Ratos de Porão é um ícone do hardcore punk/crossover thrash, formado em 1981 durante a explosão do movimento punk
paulista. A banda se apresentou no Bar Opinião em Porto Alegre no último sábado, 6, com mais de 30 anos de carreira, é
referência brasileira no gênero, reconhecido internacionalmente, principalmente em países da Europa e América Latina e
também nos Estados Unidos. O quarteto é formado por João (guitarra), João Gordo (voz), Boka (bateria) e Juninho (baixo). O
grupo lançou seu 15º álbum de estúdio, Século Sinistro (2014), que aborda de maneira extrema os diversos problemas que tanto
afetam a nossa sociedade.
O som sempre foi brutal e pesado e, segundo depoimentos da banda em entrevistas recentes, Século Sinistro soa mais metal do
que o anterior, Homem inimigo do homem, de 2006. Nas letras, como de costume, João Gordo, um dos mais carismáticos e
contundentes vocalistas de rock no Brasil, aborda de maneira hiperbólica assuntos do cotidiano como violência urbana,
alienação das massas e corrupção no poder.
Tudo a ver que está passando agora. Não só no Brasil no mundo inteiro está tendo uma onda fascista, a banda bate de frente e
passa a mensagem para os jovens não se acomodar. Não podemos deixar um país do jeito que anda por partidos sem causa
social e sem projeto dee nação para as gerações futuras, um país fascista, discriminação religiosa, bancada evangélica sem
contar a mal política brasileira. Por isso o nome do disco Século Sinistro. O fato da banda ter começado dentro das raízes do
punk do rock nacional faz parte protestar pois não dá para ficar quieto seria se omitir e é complicado, quem está no poder vão
rir da cara de nós brasileiros.
De 1980 a 1985, São Paulo tornou-se um centro notável, com bandas punk rock como Cólera, Olho Seco, Garotos Podres,
Lobotomia, Mercenárias e Ratos de Porão. Enquanto em São Paulo a cena se encostava a punk e hardcore, as bandas de punk
rock de Brasília estavam mais próximas da nova onda, Aborto Elétrico (depois se tornou Legião Urbana), Capital Inicial e Plebe
Rude eram algumas bandas bem conhecidas da capital federal. A violência das gangues punk durante esses anos influenciou as
mudanças sônicas mais tarde como Inocentes e Mercenárias tomaram uma direção mais pós-punk, enquanto Ratos de Porão e
Lobotomia incorporaram influências do thrash metal.
Além do disco Século Sinistro, o Ratos de Porão comemorou em 2014 o aniversário de três décadas de seu álbum de estreia,
Crucificados pelo sistema (1984), primeiro LP individual de uma banda punk na América Latina. O quarteto teve sua trajetória
contada no documentário Guidable – A verdadeira história do Ratos de Porão (2008) disponível no Youtube, vale a pena conferir
o trabalho da banda.
O site de música americano Loudwire elegeu os 25 discos mais importantes do punk rock. Na lista estão álbuns do Green Day e
Offspring como melhores do que alguns clássicos do Damned, The Clash, New York Dolls, Richard Hell e Misfits. Isso para
mostrar a nova tendência de punk que está chegando aí.
A Banda Ratos de Porão tem shows em setembro na América Latina, 01, Montevideu (Bluzz Live), 02, Santiago (Arena Recoleta),
03, Santa Cruz de la Sierra (ex-discoteca Scala), 05, Lima (Discoteca Mangos), 07, Quito (Old Times), 08, Bogotá (Subte Club), 09,
Panama City (Hangar 18), 10, San Jose (Fenix Rock Bar), e dia 15, San Salvador (Bar Medieval).
A primeira faixa do álbum Século Sinistro, Conflito Violento, traz uma pancadaria vigorosa que exemplifica perfeitamente os
recentes tumultos entre manifestantes e a polícia pelo Brasil. Confira aqui embaixo o vídeo clip da semana.

 

*Professor de Geografia na Rede Pública Estadual da cidade de Porto Alegre.

Comentários Facebook